quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Robôs têm avanço com tecnologia de telefone celular

Um grande problema é conhecido para quem trabalha com robótica: a forma artesanal (lenta) de que os robôs são fabricados e testados.

Um grupo de estudantes da Universidade de Southampton, na Inglaterra, criou uma plataforma para microrrobôs com base nos motores utilizados nos telefones celulares. estes minúsculos motores giram um excêntrico para promover uma vibração e chamar a atenção do usuário para uma chamada.

Para testar a nova plataforma, os estudantes construíram um enxame de 25 robôs, cada um com autonomia de mais de duas horas, e com capacidade de processamento suficiente para rodar programas complexos de interação. Cada robô custou cerca de US$40,00.

Fonte (Inovação Tecnológica)

Nenhum comentário:

Postar um comentário