segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

PHP - Cannot modify header information

Esta dica altera o php.ini e resolve o erro:

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at


Edite o PHP.INI e altere os valores abaixo:
register_globals = On
output_buffering = On

Salve e reinicie o apache

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Dica para melhorar a performance do Ubuntu

O patch de kernel na qual segundo o próprio Linus aumentaria muito a resposta do sistema,
principalmente em multitarefas que exigem muita CPU.


Abra o terminal e execute os comandos abaixo:

$ cd
$ wget http://launchpadlibrarian.net/59511828/cgroup_patch
$ chmod +x cgroup_patch
$ sudo ./cgroup_patch

AGORA REINICIE:
$ sudo init 6

Atualizar pacotes no Red Hat / Fedora / CentOS

Para atualizar todo o sistema, comece usando o parâmetro "check-update", que lista as atualizações disponíveis:

# yum check-update
Se usado sem especificar um pacote, o "update" vai atualizar de uma vez só todos os pacotes do sistema, de forma similar ao "apt-get upgrade" do Debian:

# yum update
Existe ainda o comando "yum upgrade", que é um pouco mais incisivo, incluindo também pacotes marcados como obsoletos (que não existem mais na versão atual). Ele é útil em casos em que é necessário atualizar uma versão antiga do sistema:

# yum upgrade
É possível também fazer com que o yum atualize o sistema automaticamente todas as madrugadas. Para isso, basta ativar o serviço "yum" e configurá-lo para ser ativado durante o boot:

# chkconfig yum on
# service yum start
Isso faz com que a atualização seja agendada através do cron e seja (por padrão) executada todos os dias às 4:02 da manhã, como especificado no arquivo "/etc/crontab".

PARA REPARAR O YUM PARA UM CORRETO FUNCIONAMENTO:

# yum clean all
# yum makecache
# yum upgrade

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

SERVIDOR LAMP no Red Hat / Fedora / CentOS



Instalação de Servidor LAMP (Linux, Apache, PHP e MySQL) em distribuições Red Hat Like.

Apache

Instalando o Apache:

# yum install httpd

Iniciando o Apache:

# service httpd start

Colocando o Apache na inicialização:

# chkconfig httpd on

Testando o Apache. Acesse: http://ip_do_servidor

Deverá aparecer uma página com informações sobre o Apache.

O diretório padrão do Apache nas distribuições Red Hat Like é o: /var/www/html

PHP

Instalando o suporte ao PHP:

# yum install php

Esse comando já instala o pacote PHP e os módulos necessários.

Reinicie o Apache:

# service httpd restart

Instalando o módulo php-mysql:

# yum install php-mysql

Reinicie o Apache:

# service httpd restart

Testando o PHP:

Crie um arquivo contendo:


Salve esse arquivo dentro da pasta do Apache em: "/var/www/html" com o nome de phpinfo.php.

Agora teste acessando: http://ip_do_servidor/phpinfo.php

Aparecerão as diretivas do PHP.

MySQL

Instalando o MySQL:

# yum install mysql mysql-server

Colocando o MySQL na inicialização:

# chkconfig mysqld on

Preparando o terreno para base de dados:

# mysql_install_db

Iniciando o MySQL:

# service mysqld start

Criando usuário administrativo:

# mysqladmin -u root password (sua_senha)


quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Instalar Cpanel/WHM no CentOS



1) instale os pacotes:

# yum install -y gcc gcc-c++ gettext strace automake strace64 gdb bison libtool tar zip perl screen tcp_wrappers-devel wget

2) realize os seguintes passos:
# screen -S cpanel-install # Abre um novo terminal
# mkdir /home/cpins
# cd /home/cpins
# wget http://layer1.cpanel.net/latest
# sh latest


Explicando:
Como a instalação do cPanel demora um pouco, é recomendado que seja instalado em background ou em screen. Com o comando screen é possível rodar vários terminais em um só.

Para sair do terminal que foi aberto pressione Ctrl+a e Ctrl+d.

Para visualizar os terminais aberto com o comando screen:
$ screen -ls # Lista os terminais
There is a screen on:
8302.cpanel-install(03-01-2009 20:51:53)(Detached)
1 Socket in /var/run/screen/S-User.

Para acessar o terminal novamente, execute:
screen -r cpanel-install

Ou pelo PID do processo:
screen -r 8302

Sobre mais detalhes do comando screen, consulte o manual:
man screen

2) Desative o Firewall com o comando:

# /etc/init.d/iptables stop

3) E instale o CSF:


4) Ao terminar a instalação, basta acessar o painel WHM pelo browser:
http://IP-DO-SERVIDOR:2086/

Caso ainda não possua uma licença do cPanel, você pode conseguir uma licença trial (por 15 dias) no site https://www.cpanel.net/store

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Impressão Linux com CUPS


http://localhost:631
Daemon: /usr/sbin/cupsd ; SPOOL em /var/spool/cups
*_Linha de Comando _*(SPOOL em /var/spool/lpd):
lpinfo -v Lista dispositivos de impressão e modelos de impresssora
lpinfo -m Lista modelos de impresssora disponiveis
lpadmin (antigo lpc) Tarefas de administração de impressoras
lpoptions Tarefas de administração de impressoras
lpoptions -d Estabelece impressora default
lpstat -a Estado de impressoras e filas
lpq Lista trabalhos numa fila de impressão
(-a : todos os trabalhos; -P : trabalhos no host especificado)
lprm Remove o último trabalho enviado;
lprm -a ou lprm – (Remove tudo)
printconf Automatically configure attached USB and parallel printers
Para impressoras HP: Instalar hplip e depois # hp­setup
Este aplicativo cria também uma ferramenta para ver nível de tinta.
Criar impressora em Rede com CUPS + Servidor de Impressão
(Servidor de Impressão com 2 portas USB e 1 porta Paralela)
Escolher na configuração do CUPS (http://localhost:631) ==> 192.168.7.185/lp2
# lpstat ­a Print cups status information. Lista inclusive impressoras remotas
Problemas de impressão no Mozilla­Thunderbird
Substituir comando de impressão por kprinter no Thunderbird – Propriedades de Impressão
­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­
Criar impressora Virtual
#xterm ­tittle PRINTER@ Nome para janela
# tty Para saber qual o terminal ligado ao input padrão. Exemplos de respostas:
/dev/tty3 /dev/pts/1 (ptmx: pseudo terminal master; pts: pseudo terminal slave)
# mv /dev/lp0 /dev/lp0.bak Evitar o rm (remove) para refazer condição anterior
# ln ­s /dev/tty3 /dev/lp0 ou # ln ­s /dev/pts/1 /dev/lp0
INK Mostra nível de tinta para impressora Jato de Tinta
#$ ink ­p "usb" | "parport" ­[n ] Exemplo: #$ ink ­p usb ­n


quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Como instalar icones no Ubuntu

Tem dois jeitos fáceis de instalar.


1) pelo "aparência":

- clique com o direito do mouse no seu papel de parede e escolha trocar pano de fundo, pois isso abre o "aparência";

- clique na aba "tema" e arraste o seu pacote de ícones (formato "tar") para a janela do aparência;

- se tudo correu bem, o Gnome vai avisar que um novo tema foi instalado e se oferecer para aplica-lo;

2) "na mão" (método usado quando o pacote não vem no formato "tar"):

- descompacte o pacote, via clique direto do mouse, para a pasta padrão dele (nome do tema, geralmente, usado na opção "extrair aqui");

- abra o Nautilus (gerenciador de arquivos), dê um "ctrl + h" (mostra as pastas ocultas, que começam com ".") e um "ctrl + n" (abre uma nova janela);

- procure e abra a pasta ".icons" (janela 1) que está na sua pasta "home" (esta fica na janela 2) e "arraste e solte" a pasta do tema para ela;

- feito isso, pelo "aparência", em "temas", opção "personalizar", aba "ícones", vc vai achar o seu novo tema e basta clicar nele para usá-lo.

Mais de 3GB de RAM no Ubuntu 32b

Se o seu computador possui mais de 3GB de RAM e o Ubuntu 32 bits, deve ter percebido que esse é o limite de mapeamento. Como solução, vamos instalar a instalação do kernel do Ubuntu Server no Ubuntu desktop:

$ sudo apt-get update
$sudo apt-get install linux-headers-server linux-image-server linux-server