quarta-feira, 21 de junho de 2017

Entendendo PREDICTABLE NETWORK INTERFACE DEVICE NAMES

PREDICTABLE NETWORK INTERFACE DEVICE NAMES - números de dispositivo de interface de rede predictiva - é a nova forma para nomear as interfaces de rede no Linux. Isso passou a funcionar a partir da versão 197 do udev. Os nomes agora são gerados através da consulta da firmware/BIOS, gerando índices a partir dos nomes dos slots, semelhante ao "biosdevname". Exemplos: enp0s1, wlp1s0, etc.
Como a nomeação baseada em localização não funciona bem para dispositivos USB, eles usam uma nomeação baseada no MAC delas.

Mas o que significa cada índice?

Os nomes têm dois prefixos de caracteres com base no tipo de interface:

  • EN para Ethernet,
  • WL para LAN sem fio (WLAN),
  • WW para rede de área ampla sem fio (WWAN).
Em seguida vem o sufixo, que indica a localização da interface, baseado nas regras abaixo:



Exemplo:

enp0s1: (en + p0 + s1) Sabemos que ela é uma Ethernet (en), do tipo PCI (p). Ainda podemos saber que ela está no slot nº 1 do barramento (bus) nº 0 ( que é o PCI).

Voltando para wlan0, eth0, etc:

Para voltar para os nomes mais antigos (eth0, wlan0, etc), siga este POST: http://sgl.beiriz.com.br/2016/03/acertando-os-nomes-das-interfaces-de.html
Esta solução desativa a indexação da BIOS e, consequentemente, forçando a nomeação antiga.


Referências:

Comando zcat /usr/share/doc/udev/README.Debian.gz
https://access.redhat.com/documentation/en-US/Red_Hat_Enterprise_Linux/7/html/Networking_Guide/ch-Consistent_Network_Device_Naming.html
https://major.io/2015/08/21/understanding-systemds-predictable-network-device-names/
https://www.freedesktop.org/wiki/Software/systemd/PredictableNetworkInterfaceNames/

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Upgrade do Debian 8 Jessie para o Debian 9 Stretch


#1 - Backup do source list
cp /etc/apt/sources.list /etc/apt/sources.list.debian8_para_debian9

#2 - Mudar jessie por stretch no sources.list
sed 's/jessie/stretch/g' /etc/apt/sources.list.debian8_para_debian9 > /etc/apt/sources.list

OBS: Lembre-se de fazer a mesma coisa com os demais arquivos dentro de /etc/apt/sources.list.d/

#3 - Atualizar:
apt-get clean all

#Depois
apt-get update -y

OBS: Se der erro de chave para algum repositório, mensagem "W: Não existem chaves públicas para os seguintes IDs de chaves:", rode o comando abaixo para cada chave:
apt-key adv --keyserver pgpkeys.mit.edu --recv-keys CHAVE

#Depois:
apt-get dist-upgrade -y

#4 - reinicie a máquina
reboot

#5 - Para confirmar se migrou:
lsb_release -a

    Distributor ID: Debian
    Description: Debian GNU/Linux 9.0 (n/a)
    Release: 9.0
    Codename: n/a
#6 Remova os pacotes que eram usados pelo Debian 8:
apt-get autoremove

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Forçando IPv4 ou IPv6 no apt-get

Ultimamente tem acontecido de um repositório parar de responder via IPv6 e o apt-get simplesmente não tenta resolver IPv4, aí não consigo atualizar...

Essa dica permite forçar IPv6 ou IPv4 no o apt-get update ou o apt-get dist-upgrade do Ubuntu ou Debian.

Forçar momentaneamente IPv4:

apt-get -o Acquire::ForceIPv4=true update
apt-get -o Acquire::ForceIPv4=true dist-upgrade

OBS: Para forçar IPv6, basta trocar o ForceIPv4 pelo ForceIPv6 nos comandos acima.


Forçar Definitivamente IPv4:


Basta criar o arquivo "99force-ipv4" com o parâmetro Acquire::ForceIPv4 "true";

Para isso, use o comando abaixo:
echo 'Acquire::ForceIPv4 "true";' > /etc/apt/apt.conf.d/99force-ipv4

OBS: Mesma coisa: Para forçar IPv6, basta trocar o ForceIPv4 pelo ForceIPv6 nos comandos acima. 

terça-feira, 28 de março de 2017

journalctl - Administrando e Diminuindo os Logs do Sistema

Vamos ver quanto espaço estamos ocupando com logs do sistema:
journalctl --disk-usage
Archived and active journals take up 1.2G on disk.

#Reter apenas 100M de log:
journalctl --vacuum-size=100M
#OU, reter apenas 7 dias de log:
journalctl --vacuum-time=7d
Vacuuming done, freed 1.2G of archived journals on disk.
#VAmos ver como ficou:
journalctl --disk-usage
Archived and active journals take up 56.0M on disk.
Mais informações:

man journalctl

HDA_BB - Adicional de Segurança do Banco do Brasil no Ubuntu Linux



Se o tutorial do próprio Banco do Brasil não funcionar: 


Vamos instalar diretamente pelo terminal.
No mesmo site acima, clique com o direito no link "AQUI", copie a URL e use no comando wget abaixo (como root):

cd /tmp
wget -c https://www14.bancobrasil.com.br/downloads/ws/hda-bb_0.1_all.deb
#Tente instalar:
dpkg -i hda-bb_0.1_all.deb
# Se der erro:
apt-get --yes --fix-broken install
#Agora rode novamente:
dpkg -i hda-bb_0.1_all.deb 

sábado, 25 de março de 2017

Gravando arquivos .iso em DVD via linha de comando

1) No Debian/Ubuntu, instale o growisofs:
apt-get install growisofs

2) Para gravar o DVD:
growisofs -dvd-compat -speed=8 -Z /dev/dvdrw=dvd.iso

- /dev/dvdrw é o caminho para o drive de DVD;
- dvd.iso é o arquivo de imagem a ser gravado no DVD;


Mais informações: http://linuxcommand.org/man_pages/growisofs1.html

segunda-feira, 6 de março de 2017

Placa de Vídeo ATI Radeon no Fedora

Vamos instalar as ferramentas para a gerência das pllacas de Vídeo ATI Radeon no Fedora.


No terminal:

dnf install radeontool radeontop

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Emulando Atary, Nintendo, Gameboy e Supernintendo no Ubuntu

 Emulando Atary, Nintendo, Gameboy e Supernintendo no Ubuntu, inclusive com joystick USB:


Digite o comando abaixo no terminal, logado como root (#):
apt-get install stella higan joystick


HIGAN: Accurate Nintendo multi-system emulator
 higan is an emulator for Nintendos SNES, NES, Gameboy, Gameboy Color
 and Gameboy Advance. It was formerly called bsnes and the SNES
 emulation is especially complete and polished.

STELLA: Emulador de Atari 2600 para SDL e o X Window System
 Stella é um emulador portátil para o antigo console de videogame Atari
 2600. Ele suporta a maioria dos jogos do Atari 2600.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Unrar Funcionando Corretamente no Fedora

Para quem não sabe, o unrar é o extrator e compactador de arquivos .rar.
Para aqueles que, como eu, enfrentavam problemas com a versão do unrar do repositório desde a verão 22 do Fedora, a adição deste repositório resolveu (digite no terminal e logado com o root):

Repositório:
dnf install --nogpgcheck http://download1.rpmfusion.org/free/fedora/rpmfusion-free-release-$(rpm -E %fedora).noarch.rpm http://download1.rpmfusion.org/nonfree/fedora/rpmfusion-nonfree-release-$(rpm -E %fedora).noarch.rpm

Depois instale:
dnf update && dnf install unrar