segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

ncdu - Gerando relatório de ocupação do disco

Essa ferramenta permite que se descubra quais diretórios ou arquivos estão consumindo mais espaço no disco

1.1) Instalaçãono Ubuntu:
# apt-get install ncdu
1.1) Instalação no Fedora:
# dnf install ncdu

2) Relatório:
# ncdu




Mais informações: https://dev.yorhel.nl/ncdu

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

CentOS7 Não Dá Boot Após Atualização 3.10.0-327


Boa noite,
esta dica resolve o travamento do boot após a atualização para o Kernel 3.10.0-327 do CentOS 7

1) No menu de boot (grub), selecione o Kernel anterior. Ele vai iniciar normalmente;
2) No terminal, adicione o parâmetro " initcall_blacklist=clocksource_done_booting" na variável GRUB_CMDLINE_LINUX:

# vim /etc/default/grub
GRUB_CMDLINE_LINUX="crashkernel=auto net.ifnames=0 rhgb quiet initcall_blacklist=clocksource_done_booting"
3) Agora reinstale o grub:
# grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg
4) Reinicie o computador. O Kernel novo vai funcionar! :)
# reboot 

sábado, 9 de janeiro de 2016

vSphere Web Client rodando Flash no Firefox do Linux



Esta dica resolve o erro na imagem abaixo. Onde o vSphere Web Client exige uma versão do flash player diferente da current do Firepox p/ GNU/Linux
A solução consiste em usarmos a libpepflashplayer.so do Google Chrome. Está é compatível :)

1) Verifique o caminho da libpepflashplayer.so que o Firefox está usando atualmente. Vamos substituí-la por um link simbólico que chama a libpepflashplayer.so do Google Chrome. Para verificar, digite a url abaixo no Firefox e pesquise pelo Flash:
about:plugins
No meu caso, o Firefox está usando o caminho:
/usr/lib64/mozilla/plugins/libfreshwrapper-flashplayer.so

2) Agora vamos ver o caminho do flash no Google Chrome. Para isso, digite a mesma coisa do passo 1 no Google Chrome:

about:plugins

No meu caso, o Chrome usa o caminho:
/home/beiriz/.config/google-chrome/PepperFlash/20.0.0.267/libpepflashplayer.so

3) Agora vamos remover a lib do Firefox e substitui-la por um link simbólico que aponta para o flash do Chrome. Logue como root e digite o comando abaixo, alterando os caminhos pelos resultados dos passos 1 e 2 deste post:

# rm /usr/lib64/mozilla/plugins/libfreshwrapper-flashplayer.so

e...

# ln -s /home/beiriz/.config/google-chrome/PepperFlash/20.0.0.267/libpepflashplayer.so /home/beiriz/.mozilla/plugins/

OBS: Se não funcionar, copie o arquivo:

# cp /home/beiriz/.config/google-chrome/PepperFlash/20.0.0.267/libpepflashplayer.so /usr/lib64/mozilla/plugins/libflashplayer.so

Note que alteramos o caminho do Flash para a home do usuário. Isso deve ser feito para cada usuário do sistema.

4) Reinicie o Firefox

Fonte

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Cliente Telegram no Fedora Linux



Vamos instalar o cliente Telegram no Fedora Linux através do repositório:

 # dnf copr enable rommon/telegram
 # dnf install telegram-desktop