terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

yofrankie

Esse é um dos jogos que tenho acompanhado com grandes expectativas, pois trata-se de um game desenvolvido a partir do motor grafico do Blender. Pra quem não sabe, o Blender é um programa de editoração gráfica em 3D open source, completo e disponível para Linux, Windows e Mac OS X.

Voltando ao jogo, o que vemos é um game no estilo adventure, onde controlamos um esquilo voador muito, mas muito mau-humorado mesmo. Aqui, o objetivo do nosso amigo é perturbar a paz, maltratando e batendo nos outros animais e usando, dentre outras coisas, as pobres ovelhas como munição ou trampolim para atravessar rios ou buracos (o cara é ruim mesmo, acreditem).

Graficamente o jogo apresenta uma ótima qualidade, pena que o meu hardware já está bem obsoleto e não pude curtir o game com a qualidade máxima. Ainda assim, os gráficos me agradaram bastante. As músicas e efeitos sonoros são ótimos e se encaixam ao contexto do game, deixando a diversão ainda melhor.

Outra coisa que gostei bastante é a possibilidade de se jogarem duas pessoas ao mesmo tempo. Nesse caso, a tela é dividida e cada um controla um personagem. Assim, se quiser, você pode chamar um amigo para aprontar um bocado com o game.

As opções para configuração do vídeo, entretanto, são mínimas. Podemos simplesmente ajustar a qualidade para Low, Medium e Higth, além de ativar e desativar os Shaders, nada mais. Seria bem interessante permitir ligar/desligar os efeitos, ajustando o game de maneira que atendesse melhor a diversos tipos de hardware (talvez seja incluído futuramente).

Em relação aos controles, podemos jogar tanto com o teclado quanto com o gamepad, mas tive alguns problemas com o segundo, pois simplesmente não encontrei no jogo um local onde pudesse configurar os botões, o jogo simplesmente detecta o periférico e atribui as funções dos botões automaticamente.

O jogo, pelo que pude ver, possui duas engines gráficas: a Blender Engine e a Crystal Space. Como só cheguei a testar a engine do Blender, não sei dizer qual a diferença entre elas.

Quem quiser jogar pode ficar tranquilo, pois o game está disponível para Linux, Windows e Mac OS X, mas apenas com a engine do Blender. Com a engine Crystal Space, está disponível apenas para Linux e Windows.

Baixe no site oficial do game (na primeira opção):

http://www.yofrankie.org/download/

O arquivo, no formato .zip, tem cerca de 206 mb e traz os executáveis para os três sistemas citados. No Linux, para rodar o jogo, basta descompactar e clicar duas vezes no executável (para 32 ou 64 bits, dependendo do seu sistema). Se o game não abrir, basta mudar as permissões do executável. Para isso, acesse a pasta do jogo e, no terminal, use o comando:

$ sudo chmod +x yofrankie-linux-i386 (ou yofrankie-linux-i386_64 caso seu sistema seja de 64 bits)

Para Windows, basta acessar a pasta yofrankie-windows e procurar pelo executável, o mesmo vale para Mac OS X. Enfim, ninguém fica sem jogar.

Não consegui tirar umas screenshots descentes, por isso, seguem algumas que podem ser encontradas no site do game (queria que rodasse assim na minha máquina...):




Vídeo do jogo:


Site do Projeto
Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário