Notebook Aquecendo no Debian

 Boa noite,

uso o Debian nos servidores do trabalho e no meu notebook há um tempinho (antes Fedora). Notei que o meu antigo Dell Inspiron N5110, com I5 de 2ª geração vivia com a ventoinha armada e muito quente e achava que não estava dando conta mais do recado. Aí investi em um novo Inspiron 3583, com I7 de 8ª geração (fanless) e o bicho continuava com um certo aquecimento e a ventoinha constante.

Dei uma pesquisada e descobri que o processador fica em modo full o tempo todo e por isso o aquecimento. O procedimento a seguir instala o cpufrequtils, um carinha que usa o módulo intel_pstate para colocar o processador em modo 'sob demanda', reduzindo drasticamente a temperatura e o consumo de bateria... 

OBS: Esta dica também funciona em outras distribuições Linux, com as devidas adaptações nos comandos...

Instale e configure com os comandos abaixo:

1 - Instale o pacote: 

apt install cpufrequtils


2 - Descubra os modos de operação do seu processador: 

cat /sys/devices/system/cpu/cpu0/cpufreq/scaling_available_governors

no meu caso são... 

performance powersave



Esses são outros modos que podem aparecer:

  • performance: Executa a CPU na frequência máxima.
  • powersave: Executa a CPU na frequência mínima.
  • userspace: Execute a CPU nas frequências especificadas pelo usuário.
  • ondemand: Escalona a frequência dinamicamente conforme a carga atual. Pula para a frequência mais alta e então volta conforme o tempo de ociosidade aumenta.
  • conservative: Escalona a frequência dinamicamente conforme a carga atual. Escalona a frequência de forma mais gradual que o "ondemand".
  • schedutil: Seleção de frequência da CPU controlada pelo agendador


Use:

  •  ondemand: para CPUs AMD e Intel mais antigos.
  • powersave: para CPUs Intel mais novas usando o driver intel_pstate (Sandy Bridge e mais novas).

 

3 - Crie um arquivo de conf e set o modo  powersave (ou o que achar ideal para o seu CPU) com o comando abaixo:

echo 'GOVERNOR="powersave"' > /etc/default/cpufrequtils


4 - Ative o cpufrequtils na inicialização do grub, incluindo a parte em negrito na linha abaixo: 

vim /etc/default/grub

GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="intel_pstate=enable quiet splash"


5 - Atualize o grub e reinicie o notebook (já vai voltar sem aquela ventoinha gritando rs): 

update-grub

reboot

6 - Você também pode ver se o módulo está sendo aplicado nos cores:

cat /sys/devices/system/cpu/cpu*/cpufreq/scaling_driver



Sensors:

Bônus, como ver a temperatura e a rotação da ventoinha (cooler) do computador/notebook:

1 - Instale: 

apt install lm-sensors

2 - use o comando: 

sensors




CPUPOWER

Outro carinha bom para se consultar como estão sendo aplicadas as configurações do controle de clock do CPU...


Instalação do CPU Power

apt install linux-cpupower

Exemplos:

cpupower --cpu all frequency-info --policy

analisando o CPU 0:

  política de frequência atual deve estar entre 400 MHz e 4.60 GHz.

                  O regulador "powersave" deve decidir qual velocidade usar

                  dentro desse limite.

analisando o CPU 1:

  política de frequência atual deve estar entre 400 MHz e 4.60 GHz.

                  O regulador "powersave" deve decidir qual velocidade usar

                  dentro desse limite.

analisando o CPU 2:

  política de frequência atual deve estar entre 400 MHz e 4.60 GHz.

                  O regulador "powersave" deve decidir qual velocidade usar

                  dentro desse limite.

analisando o CPU 3:

  política de frequência atual deve estar entre 400 MHz e 4.60 GHz.

                  O regulador "powersave" deve decidir qual velocidade usar

                  dentro desse limite.

analisando o CPU 4:

  política de frequência atual deve estar entre 400 MHz e 4.60 GHz.

                  O regulador "powersave" deve decidir qual velocidade usar

                  dentro desse limite.

analisando o CPU 5:

  política de frequência atual deve estar entre 400 MHz e 4.60 GHz.

                  O regulador "powersave" deve decidir qual velocidade usar

                  dentro desse limite.

analisando o CPU 6:

  política de frequência atual deve estar entre 400 MHz e 4.60 GHz.

                  O regulador "powersave" deve decidir qual velocidade usar

                  dentro desse limite.

analisando o CPU 7:

  política de frequência atual deve estar entre 400 MHz e 4.60 GHz.

                  O regulador "powersave" deve decidir qual velocidade usar

                  dentro desse limite.


cpupower --cpu all frequency-info --governors

analisando o CPU 0:

  reguladores do cpufreq disponíveis: performance powersave

analisando o CPU 1:

  reguladores do cpufreq disponíveis: performance powersave

analisando o CPU 2:

  reguladores do cpufreq disponíveis: performance powersave

analisando o CPU 3:

  reguladores do cpufreq disponíveis: performance powersave

analisando o CPU 4:

  reguladores do cpufreq disponíveis: performance powersave

analisando o CPU 5:

  reguladores do cpufreq disponíveis: performance powersave

analisando o CPU 6:

  reguladores do cpufreq disponíveis: performance powersave

analisando o CPU 7:

  reguladores do cpufreq disponíveis: performance powersave


cpupower --cpu all frequency-info --driver

analisando o CPU 0:

  driver: intel_pstate

analisando o CPU 1:

  driver: intel_pstate

analisando o CPU 2:

  driver: intel_pstate

analisando o CPU 3:

  driver: intel_pstate

analisando o CPU 4:

  driver: intel_pstate

analisando o CPU 5:

  driver: intel_pstate

analisando o CPU 6:

  driver: intel_pstate

analisando o CPU 7:

  driver: intel_pstate

 


Referências:

https://wiki.debian.org/CpuFrequencyScaling

https://www.kernel.org/doc/html/v4.12/admin-guide/pm/intel_pstate.html

https://wiki.archlinux.org/index.php/CPU_frequency_scaling_(Portugu%C3%AAs)


Comentários

Postagens mais visitadas